Reader Comments

Estante Para Miniaturas Oferta Lisboa Olivais 30€

"Paulo Isaac" (2018-04-19)

 |  Post Reply

estante para vinilIdeia, roteiro, rascunho, desenho, arte final, letramento, paginação, impressão, montagem e distribuição: as fases de produção de uma história em quadrinhos são várias e muito trabalhosas. Na Sessão Geleia HQ, desafio era cumprir todas essas etapas em grupo - e em apenas 24 horas. Em uma mesma sala, a criatividade de 12 desenhistas cresceu até quase não caber mais. Gabriel Góes, João Lin, Luciano Salles, Magenta King, Pedro Cobiaco, Tiago Lacerda (Elcerdo), João Carlos Vieira (João Azeitona), Dalton Tadeus Soares Cara (Dalts), Mateus Santolouco, Felipe Nunes, Marcelo Costa e Magno Costa uniram esforços para produzir "Rô", a história de um personagem sem gênero definido, contada em terceira pessoa e por vários pontos de vista. "A ideia era achar um tema com algum elemento em comum que ligassem as histórias. Este elemento iria ser plano principal para cada artista criar. E foi definido que seria um personagem esse elo", explica Tiago Lacerda.

Sem contar outros cômodos da casa, como quarto das crianças ou até mesmo banheiro, que ficam muito mais elegantes com uso de uma estante artesanal, que vai se adaptar bem em cada cantinho, além de nos deixar muito mais felizes por ter contribuído de forma fantástica na decoração.

Quando sua coleção de HQs começa a crescer e você vai levando cada vez mais a serio a arte do colecionismo, surgem as primeiras dúvidas sobre como guardar sua coleção. Afinal, ninguém quer após tanto sacrifício e dinheiro investido que suas HQs comecem a amarelar, desbotar ou sejam destroçadas por traças. Pensando nisso resolvemos criar guia definitivo de como conservar quadrinhos.

estante para discos de vinil em acrilico sob medida para miniaturas articuladas da Pat Pinheiro. Geralmente não costumo comprar discos da mesma banda ou artista no mesmo mês para poder variar sempre, mas como os discos do Bob Dylan são quase raros por aqui já puxei dois para a minha sacola e mesmo pode-se dizer do Traffic e também puxei dois e mais um do Van Morrison e outro do Rush, e para fechar a conta escolhi um dos Beatles. Livros dessa vez não rolou comprar porque compro logo de cara e como eles demoram a ser devorados deixo sempre para outro mês. Essa segunda etapa das compras fiz no sábado de manhã, primeiro fui até a FNAC que fica num shopping tradicional daqui de Ribeirão Preto, e depois no fim da manhã, a parte derradeira fiz no mais novo shopping que foi inaugurado no final do ano passado e no caso a loja é Cultura.

Eu sou obcecado por organização, então eu gosto de fazer com que a minha coleção tenha um estilo de nomenclatura de arquivos que seja unificado, sequencial e de fácil acesso. Quando os seus quadrinhos vêm de tudo quanto é lugar, isso pode ser um pouco difícil. Alguns programas permitem que você atribua metadados aos seus seus arqivos de quadrinhos, assim como iTunes faz com as suas músicas para organizá-las, mas meu método favorito ainda é de organizá-las usando os nomes de arquivos e uma arquitetura de pastas que faça sentido.

estante para carrinhosAcredito ser completamente irrelevante discutir se histórias em quadrinhos são ou não literatura. Além de servirem, em muitos casos, como porta de entrada para gosto pela leitura em crianças e adolescentes, há uma evidente evolução de técnicas, temáticas e abordagens que não pode ser ignorada. Há Graphic Novels que são infinitamente melhores que algumas dezenas de aclamados best-sellers.

Por causa da catalogação no Guia dos Quadrinhos, tenho dado prioridade às edições brasileiras. Mas tenho muita coisa gringa sim. Da França, Argentina, Uruguai, Portugal, Inglaterra, Dinamarca, Rússia, Cuba, Peru. As pessoas costumam me trazer quadrinhos dos países que visitam e eu adoro receber esses presentes, é legal para entender como essa cultura dos quadrinhos funciona por lá.

Durante esse ano alfabetizei oitenta crianças, trabalhei com leitura e produção de textos com cinqüenta jovens. Consegui escrever uma cartilha Bilíngüe com os alunos e trouxe material suficiente para escrever um livro e produzir um cordel sobre essa experiência.

Olá Maurício e leitores do blog Old Races ! Sou Rodrigo Lobo, tenho 37 anos, médico oftalmologista e colecionador diecast de carros, principalmente na escala 1:64 além de alguns na escala 1:43. Comecei esse hobby em 2007 por influência de meu irmão mais velho, que tinha iniciado também há pouco tempo. Tive a sorte de encontrar, naquela época, as miniaturas da tradicional marca Matchbox (fundada na Inglaterra no final dos anos 1950s) facilmente nas gôndolas das lojas de departamentos aqui de Salvador e com preços convidativos (R$5,00). Escolhi esta marca por retratar de forma mais fiel os carros reais que vemos nas ruas, em comparação com a Hot Wheels que apesar de ser mais difundida visa mais público infantil com suas miniaturas multicoloridas.

Mas melhor de tudo é que Seinfeld é muito engraçado. Você ri de você mesmo muitas vezes. Os episódios simplistas caem como luva na nossa vida real. Quantas vezes você vai contar algo engraçado para seu amigo e começa dizendo estávamos todos indo para programa da Oprah para sermos entrevistados quando…"? Mas você com certeza já contou algo do tipo passamos horas esperando uma mesa num restaurante chinês e…". Isso foi idéia de Larry David que queria que os personagens e as situações permanecessem plausíveis sempre.

Add comment



Partnerzy platformy czasopism