Reader Comments

Como Conservar Seus Quadrinhos Revisado 2016

"Pedro Lucca" (2018-04-18)

 |  Post Reply

Como guardar? Os volumes de lombada quadrada são mais simples de guardar e mais apresentáveis em uma estante. Podem ser armazenados empilhando todos no mesmo sentido ou vertical. Quando esse modelo possui a capa cartão (sendo mais resistente) ele pode ser armazenado das duas formas.

estante para vinilA pouco tempo adquiri minha primeira estante, foi planejada mas tive dúvidas em algumas coisas, especialmente quanto material. Inicialmente eu queria de madeira pela questão da resistência, mas designer me recomendou MDF, pela questão dos cupins, e acabei aceitando (também pela questão do preço, claro). É bom saber que realmente este é material mais indicado.

Os gibis foram têm seu nome proveniente de uma gíria do Sul do Brasil. Nada disso consegui me segurar são apenas 45 Km de Peixoto a Guarantã porém com a estrada de chão e esburacada mais rio para atravessar na balsa, demorava muito na viagem e mais uma vez a fome estava presente na minha vida. Se tinha algum dinheiro, precisava comprar comida para os filhos menores que ficavam em casa com pai alcoólatra, bebê eu levava, uma almofada para colocar ao meu lado no chão e na hora do almoço eu comia bolacha de água e sal com água do filtro, esse era meu alimento para amamentar bebê recém nascido.

Com tudo isso, chegamos ao ponto crucial da matéria. que é melhor? Comprar estantes prontas, moduladas, ou fazer um móvel planejado? móvel planejado é mais caro de todos, mas também é a melhor opção de todas. Se a pessoa pode gastar um pouco mais, possui um bom arquiteto de interiores para projetar um móvel com soluções satisfatórias que atenda sua demanda, e conhece um bom marceneiro: terá melhor móvel para guardar sua coleção de quadrinhos. E isso vale para os quadrinhos, para os discos de vinil, para uma cozinha, quarto, ou salas planejadas.

Não adianta a prateleira ser forte com uma barra de ferro dentro para não dar barriga se ela for colada na lateral do armário. Ela vai se soltar com tempo das laterais e cair devido ao peso. A cola não dá essa sustentação, parafuso sim! Nessa imagem, novamente eu fiz corte em duas das prateleiras para que possa ser visualizada a barra de ferro que passa por dentro da prateleira.

Espero que (assim como disse ao Alexandre acima) vc encontre a melhor solução para a exposição. Nós colecionadores, em geral, somos muito exigentes com essa questão da exposição. Quando encontrar uma solução compartilhe para que seja mais uma ideia.

Leitores simples: Se você está procurando por algo simples e rápido, que abre os seus quadrinhos e sai do caminho para que você apenas leia, Comical é uma boa escolha no Windows. Para Linux, recomendo Comix , que está nos repositórios do Ubuntu e é similar em termos de recursos. Comical também existe para Mac OS, mas no sistema da Apple eu recomendaria FFView , que é similar, mas nativo. Todos estes leitores foram feitos para serem leves, então eles não têm muitos recursos, mas todos têm algumas noas opções de visualizações, como rotacionar tudo em 90 graus (para que você possa virar laptop como se fosse um livro) e preencher a tela com a página de várias formas.

Durante esse ano alfabetizei oitenta crianças, trabalhei com leitura e produção de textos com cinqüenta jovens. Consegui escrever uma cartilha Bilíngüe com os alunos e trouxe material suficiente para escrever um livro e produzir um cordel sobre essa experiência.

estante para vinilClaro, tive que dedicar um tempo garimpando os anúncios, e escolhendo pacotes formados apenas por gibis que eu não tinha ou que prejuízo não fosse maior que 1 ou 2 por pacote. Peguei uns 5 repetidos nessa compra, mas ainda assim compensou muito, pois se tivesse comprado um por um separado preço seria muito mais alto.

Já li um bocado de coisa nessa vida, já tive algumas respostas diferentes pra essa pergunta e talvez minha opinião ainda venha a se renovar um dia. Ler um romance é uma experiência bem diferente de uma hq, ritmo de leitura é outro, as sensações de ler só letras e imaginar todo resto é diferente de ver ilustrações e balões de fala em diferentes formatos e cores e, apesar de serem narrativas, os dois universos são diferentes demais. Não tem melhor ou pior, tem apenas diferentes. Não sei que vou querer ler amanhã, sei que minha Estante para discos vinil tem de tudo. Concordo com Paulo Ramos, história em quadrinhos é uma mídia à parte da literatura.

A programação ainda inclui oficinas de roteiro, desenho e animação, exibições audiovisuais, concurso de cosplay, lançamento de títulos, debates e palestras. Além dos potiguares Luiz Elson, Wendell Cavalcanti, Wanderline Freitas e Lula Borges, nomes conhecidos no universo das HQs também marcam presença na FLiQ: José Aguiar, ilustrador, roteirista e editor paranaense que vem à Natal lançar a novela gráfica Vigor Mortis Comics"; a cartunista e desenhista paulista Spacca, autor de ‘graphic novel e livros em HQ com personagens históricos; artista plástico paraense João Henrique Lopes (que falará sobre mangá) e cearense Geraldo Borges, desenhista da DC Comics responsável pelos traços do Lanterna Verde e Mulher Maravilha; e autor paulista Rafael Coutinho.

Add comment



Partnerzy platformy czasopism