Reader Comments

Educação Pública

"Paulo João Pedro" (2018-04-22)

 |  Post Reply

estantesAssim como em outros países, no Irã diversos grupos com correntes teóricas políticas também diversas estantes colecionador disputam governo. A complexidade da realidade no Oriente está na existência de outras forças externas e militares que dificultam um processo de pacificação da vida. A família de Marjane Satrapi, por exemplo, lutava por um regime comunista e sua história foi desenhada nos quadrinhos em formato de autobiografia feito em 2001 e lançado em animação seis anos depois.

Volto a este blog motivado pela última matéria sobre as lombadas de coleções ao redor do mundo, especificamente pela foto da estante do SEMI. Gostaria de inicialmente agradecer ao Leo por novamente ter me dado (epa!!!) a abertura (opa!!!) para eu escrever neste blog que muito tem me ajudado em minha coleção de quadrinhos.

Durante esse ano alfabetizei oitenta crianças, trabalhei com leitura e produção de textos com cinqüenta jovens. Consegui escrever uma cartilha Bilíngüe com os alunos e trouxe material suficiente para escrever um livro e produzir um cordel sobre essa experiência.

Do primeiro volume, Manual do Escoteiro Mirim, em 1971, até Manual da Copa do Mundo, de 1986, foram 16 livros em capa dura (outros, em brochura) e milhares de páginas com informações sobre assuntos diversos, dicas úteis, brincadeiras, histórias ilustradas e tudo que você queria saber" a respeito de alguma coisa.

Navegando pela internet, encontrei esse tutorial para fazer uma estante em miniatura. Sobre colecionismo: agora que eu estou prestes a alcançar número de 500 quadrinhos na minha coleção. Comecei há poucos anos, com volume 4 da Biblioteca Histórica Marvel do Homem-Aranha. Aliás, tudo começou com a vontade de ter material clássico do Aracnídeo, um dos meus personagens favoritos.

E aí temos problema. Quando um opinador usa, para qualificar uma HQ, fica bonito na estante", quer dizer que tudo está errado! Os encadernados precisam existir, mas talvez você leitor, não precise comprar obras com qualidade questionável, apenas para ter uma lombada super bonita na estante. A primeira coisa que vocês devem se questionar quando compram algo é: A história é boa e vale todos os reais que vou investir nela?" Pois, quando você compra uma obra, sua primeira experiência deve ser prazer da leitura, por um número de vezes determinado apenas por você, e não para pegar volume e botar na estante para fins de ostentação domiciliar, junto a visitas e amigos nerds".

Quando se fala em Disney, a primeira coisa que todos pensam é que são histórias infantis, mas isso não é bem verdade, essas HQs são muito capazes de agradar adultos também, sendo que alguns títulos são pensados primeiramente para velhos colecionadores. Indique algumas coleções lançadas no Brasil cuja qualidade artística é indispensável para qualquer leitor de quadrinhos que se preze.

Estante em acrilico sob medida para miniaturas articuladas da Pat Pinheiro. Geralmente não costumo comprar discos da mesma banda ou artista no mesmo mês para poder variar sempre, mas como os discos do Bob Dylan são quase raros por aqui já puxei dois para a minha sacola e mesmo pode-se dizer do Traffic e também puxei dois e mais um do Van Morrison e outro do Rush, e para fechar a conta escolhi um dos Beatles. Livros dessa vez não rolou comprar porque compro logo de cara e como eles demoram a ser devorados deixo sempre para outro mês. Essa segunda etapa das compras fiz no sábado de manhã, primeiro fui até a FNAC que fica num shopping tradicional daqui de Ribeirão Preto, e depois no fim da manhã, a parte derradeira fiz no mais novo shopping que foi inaugurado no final do ano passado e no caso a loja é Cultura.

Se você, além de livros, também gosta de colecionar mangás e quadrinhos é bom que eles tenham um espaço na estante, não é? Eu tenho uma prateleira só para eles e deixo organizado por editora e por coleção. Por exemplo: mangás da JBC ficam todos juntos, os da Panini a mesma coisa e por aí vai.

Não se deve utilizar uma única medida padrão para tudo. Se pensar cada espaço para guardar tipo de quadrinho (tamanho, formato, etc) irá aproveitar muito mais armário e caberão mais quadrinhos e de forma mais organizada. Por isso que se chama: "móvel planejado", rsrsrs.

A coleção de quadrinhos é uma de minhas imensas felicidades, mas, como quase tudo de bom na vida, dá um trabalho danado. que causa boa parte deste trabalho é a variação do formato de publicações no nosso mercado: tenho formatinhos, formato americano, aquele adotado pela HQM pra publicar TWD, álbum, formato que a Pixel apostou um tempo atrás, formato que a Devir adota… Por isso, compro plásticos grandes e os adapto" ao tamanho da hq com fita adesiva. Também as guardo em armários de aço, tipo aqueles que a gente encontra em repartições públicas. Duram um bom tempo, são mais leves e fáceis de limpar. E bem mais em conta que armários de madeira. E compro aquelas pedras anti-mofo e traças.

Add comment



Partnerzy platformy czasopism