Reader Comments

Samsung Mostra Tua Nova Linha De Notebooks No Brasil

"Maria Maria Eduarda" (2018-06-09)

 |  Post Reply

A Samsung apresentou ontem seus novos notebooks. 5.999 (para o modelo de tela de doze polegadas da linha Style). Vasto quota da linha prontamente vem com os novos processadores Intel da família Broadwell, e deixam de lado recursos como touchscreen e conversão pra tablet. A Essencials é a nova linha de entrada da Samsung. A linha Connect não é exatamente uma linha: ela só tem um paradigma, que é o Chromebook 2. Em ligação ao primeiro modelo, sai o processador Exynos, respectivo da fabricante coreana, e entra um chip da Intel, o Celeron N2840.


O resto continua praticamente igual: 2GB de RAM, 16GB de armazenamento interno, tela LED HD de 11,seis polegadas. A linha Expert é dedicada às melhores especificações, como processadores Core i5 e i7, 8GB de RAM, e também recursos adicionais como uma tecla de proteção de privacidade que bloqueia a câmera e o microfone embutido. Se quiser saber mais sugestões sobre isto nesse tema, recomendo a leitura em outro fantástica blog navegando pelo link a a frente: Recursos Adicionais. A última linha apresentada foi a Style, com notebooks portáteis e leves. 5.999, tem processador Intel Core M, com memória DDR3 de 8GB e unidade SSD de 256 GB, 1,dezoito cm de espessura, peso de 950 g e tela de 12,2 polegadas.


  • Recuperação de erros menos difícil

  • Escalabilidade e Independência de fornecedor

  • Intel Core i7 4790K

  • 1 Terabyte de HD

recursos adicionais

A Samsung destacou outras funções dos notebooks, como o SideSync, que permite acessar um smartphone Galaxy pela tela do notebook e o Samsung Link, espécie de AirPlay/Chromecast pra conectar as notebooks, tablets, smartphones e Smart TVs da marca. Por outro lado, nada de conversíveis, modelos 2-em-1 ou telas sensíveis ao toque. "Na nossa procura, vimos que o cliente não apresenta tanta importância para esses itens. Às vezes, eles servem como desempate pela hora de escolher entre dois modelos, no entanto o freguês não sai de casa pensando nisso", diz Luciano Beraldo, gerente de artefato da Samsung no Brasil.


Os alimentos não devem permanecer ressecados ou muito úmidos. É muito comum doar mofo nos alimentos úmidos. A circulação do ar na câmara colabora pra que a temperatura se mantenha permanente. Bem como retira os gases que alguns alimentos desprendem. Alguns desses gases encurtam a duração das frutas armazenadas. Os grandes frigoríficos conservam grandes suprimentos de maçãs, pêras, manteiga, queijo e ovos por períodos de seis a 10 meses. A maioria dos outros alimentos podes ser armazenada por somente várias semanas ou alguns meses. Às vezes os agricultores colhem as frutas e hortaliças antes de amadurecerem, porém depois de terem atingido seu pleno progresso.


Alguns alimentos amadurecem dentro das câmaras frigoríficas ou durante o transporte em vagões ou caminhões-frigoríficos. As indústrias de processamento de carne usam o armazenamento em câmaras frigoríficas para amaciar a carne. Colocam a carne em câmaras frigoríficas durante 7 a dez dias. O gelado impossibilita que os microrganismos estraguem a carne, no entanto permite que a ação lenta das enzimas amoleça os tecidos mais duros. Isto torna a carne mais macia. O enlatamento tem duas finalidades: esterilizar os alimentos, quer dizer, cortar todos os microrganismos, e conservar os alimentos livres do contato com o ar, para livrá-los de germes. O aquecimento dos alimentos a uma temperatura elevada destrói os microrganismos e paralisa a ação das enzimas.


Para preservar os alimentos fora do contato com o ar, os enlatadores são acondicionados em recipientes de vidro ou metal hermeticamente fechados. A vedação afasta os microrganismos e ajuda a evitar a oxidação dos alimentos. A maioria dos alimentos enlatados se conserva bem por mais de um ano. Os principais processos de enlatamento são os seguintes: segredo convencional de retortas, preaquecimento e enlatamento do alimento quente e enlatamento veloz. As donas-de-casa fazem uso mais ou menos os mesmos métodos dos enlatadores comerciais.


Todavia, elas lidam com pequenas quantidades de alimentos e fazem uso objetos menos difíceis. Procedimento habitual de retortas. É o procedimento comercial mais comum de enlatamento. É usado na conservação da maioria dos vegetais, frutas, peixes e carnes. Os enlatadores enchem e vedam os recipientes e em seguida submetem os alimentos a um recurso de aquecimento. Colocam os recipientes em enormes retortas (cozedores), usando água ou vapor para produzir temperatura de 100ºC a 120ºC, a término de reduzir os germes.


O tempo de esterilização depende de temperatura, do tamanho da vasilha e do tipo de alimento. Os recipientes com maiores quantidades de alimentos levam mais tempo pra serem esterilizados do que os recipientes com menores quantidades. Preaquecimento e enlatamento do alimento quente. Nesse recurso, os enlatadores primeiro aquecem bem os alimentos em caldeirões abertos ou em aparelhos especiais. Logo depois colocam-nos ainda quentes em recipientes esterilizados e vedam os recipientes.


O calor dos alimentos mata cada microrganismo que possa entrar nos recipientes enquanto são cheios. Os enlatadores comerciais fazem uso esse segredo somente pra preservar alimentos muito ácidos como suco de laranja, massa de tomate e geléias ou gelatinas. As temperaturas usadas no preaquecimento e no enlatamento dos alimentos quentes não passam de 90°C. Os alimentos não ácidos, como carne ou peixe, exigem temperaturas mais altas para esterilização.


Enlatamento rapidamente. Os métodos de enlatamento ligeiro usam temperaturas altas, de 120° a 140°C durante curtos períodos de tempo. O enlatamento veloz evita certas mudanças que ocorrem nos alimentos durante períodos mais longos de aquecimento. Este procedimento só é usado com poucos tipos de alimentos, pelo motivo de ocorrem modificações químicas no decorrer do armazenamento depois do enlatamento. Entre os alimentos comercializados enlatados por esse método estão os alimentos pra fedelhos, o creme de milho, as carnes em conserva e molhos.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism