Reader Comments

3 Dicas Para Aperfeiçoar O Sinal Wi-Fi

"Paulo Samuel" (2018-04-14)

 |  Post Reply

A transformação dos planos de web fixa regulados por velocidade por modelos com limite de fatos revoltou usuários - um abaixo-assinado virtual contra a mudança agora tem mais 600 mil apoiadores. Isso porque ter a popular franquia da telefonia móvel na linha fixa podes obrigar as famílias a restringir o acesso a jogos, séries ou filmes online, a título de exemplo. Pra explicar o que a transformação representa e o que os freguêses podem fazer caso se sintam prejudicados, Zero Hora ouviu 5 especialistas nas áreas de Correto Digital e Justo Civil e Computação.


Qual a diferença de um plano de internet fixa regulado pela velocidade do regulado pelo limite de dados? Diversas operadoras adotaram o modelo de comercialização de planos de web fixa com base na velocidade desejada pelo usuário, sem um volume máximo de tráfego permitido. Nos dias de hoje, as organizações passaram a adicionar em seus contratos uma cláusula que permite um limite de detalhes, a chamada franquia. É o mesmo modo que as operadoras adotam com a internet móvel, no qual você precisa estar sempre ligado ao consumo. Planos com limites de detalhes prejudicam o freguês? Pela visão da Associação Brasileira de Defesa do Cliente (Proteste), sim. A coordenadora institucional da entidade, Maria Inês Dolci, argumenta que as corporações estão pesquisando só um ganho pela receita com a proporção, já que são capazes de "forçar" os compradores a pagarem mais no momento em que ultrapassarem o limite de detalhes contratados.


O advogado especialista em correto digital Pedro Ramos assim como argumenta que enquadrar de modo agressiva as franquias impedirá que os mais pobres acessem toda a experiência da rede, gerando circunstâncias que podem aumentar a diferença. Como, como por exemplo, os ricos consumindo mais conteúdos em filme e os miserável sem ter acesso a isso.


Planos de web fixa com limite de detalhes podem ser comercializados? O critério do Serviço de Intercomunicação Multimídia publicado na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em 2013 prevê a alternativa dos provedores oferecerem franquias de consumo, desde que sigam várias regras. Ramos explica que as organizações precisam confirmar ao freguês o correto de, depois do consumo integral da franquia contratada, ter a sequência da prestação do serviço.


  • Quase todas as marcas, possibilitam a customização de seus produtos

  • três - Obtendo técnicos focados na satisfação do consumidor

  • Baixe o Tor

  • Saiba como bater em retirada das fraudes pela Black Friday

  • Alimente-se e hidrate-se bem

  • Redes de Computadores, das LANs, MANs e WANs às Redes ATM

Isso talvez pode transcorrer pela cobrança adicional pelo consumo excedente, mantendo a velocidade do serviço, ou a partir da diminuição da velocidade contratada, sem cobrança extra. Se quiser saber mais infos sobre nesse conteúdo, recomendo a leitura em outro ótima blog navegando pelo hiperlink a a frente: leia a revisăo. A legislação ainda institui que os provedores devem disponibilizar uma ferramenta para o comprador seguir o emprego da web e alertar no momento em que o consumo da franquia se aproximar do limite. As operadoras já estão vendendo esses planos? Net, Claro e Oi anunciaram que já fazem vendas com limite de dados. A Olá ainda acrescentou que "atualmente não pratica redução de velocidade ou interrupção da navegação após o término da franquia". Neste instante a Vivo/GVT, informou que começou a ofertar planos por franquia em fevereiro.


Até trinta e um de dezembro, leia a revisăo manutenção do serviço de internet será feita sem bloqueio, mesmo depois do fim da franquia de fatos contratada. As corporações são capazes de suprimir a internet? Segundo a Proteste, o corte da web só é permitido em casos de atraso no pagamento. O bloqueio do serviço no momento em que o usuário consome todo o limite da franquia é ilegal. Deste caso, as corporações conseguem apenas diminuir a velocidade contratada no plano ou oferecer a manutenção da velocidade mediante o pagamento do consumo excedente.


A proibição do corte está prevista no Marco Civil da Web, vigente desde 2014. Sendo uma lei aprovada pelo Legislativo, o Marco Civil é hierarquicamente superior às resoluções da Anatel, de acordo com o advogado especialista em correto digital Pedro Ramos. Dessa maneira, em casos de combate, o Marco Civil necessita ser aplicado. O que fazer se a minha web for cortada? Se a tua internet for cortada devido a do uso total da franquia contratada, você pode reclamar com a operadora ou procurar o Procon de seu município.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism