Reader Comments

Como Elaborar Um Hotel Pra Cães

"Joao Gabriel" (2018-06-10)

 |  Post Reply

basta clicar no seguinte web site México e pela Guatemala, o Camazotz (deus morcego dos maias) era uma criatura abominável que sobrevivia de sangue humano. O "Strigoi", é o vampiro que vive pela Romênia, transformando vítimas inofensivos em falecidos-vivos sanguinários. E quem nunca ouviu pronunciar-se do Drácula, o personagem de Bram Stocker? Mitos sobre o assunto morcegos não faltam. A crença de que os morcegos se emaranham nos cabelos das pessoas, por exemplo, é tão verdadeira quanto a lenda do vampiro.


Expor que todos os morcegos transmitem raiva, como por exemplo, é o mesmo que jurar que todos os cães transmitem essa doença. Outra afirmação incorreta é a de que os morcegos são sujos - na realidade, eles são tão asseados quanto os gatos. Pra se possuir uma idéia dos danos que os conhecimentos errados são capazes de levar para uma espécie, é só perguntar a alguém (que acredita pela história da raiva, a título de exemplo) a respeito da tua atuação ao se deparar com um morcego. Provavelmente, a resposta será: "eu mato o bicho". Desta maneira, os mitos relacionados aos morcegos apenas os prejudicam, uma vez que e também causarem pânico e aversão, transmitem dicas erradas sobre isso esse animal. Morcegos são muito interessantes para o equilíbrio do ecossistema e, por incrível que pareça, pro ser humano assim como. basta clicar no seguinte web site momento em que se observa a asa de um morcego, percebe-se que ela é formada por braço, antebraço e pelos dedos alongados.


O quinto dedo, equivalente ao dedão, fica na porção superior, com uma pequena garra - utilizada para escalar rochas em cavernas. Os fósseis mais antigos desses animais datam de cinquenta milhões de anos e eram muito similares com os morcegos modernos. Isto ou seja que eles habitam a Terra há mais tempo que o ser humano, cujo ancestral mais velho, o Australopithecuis afarensis, viveu há só 3,9 milhões de anos.


Todos os morcegos modernos se dividem em dois grandes grupos, chamados Microchiroptera e Megachiroptera. Ao primeiro pertence a maior quantidade dos morcegos que existem em o mundo todo - são animais de menor tamanho. De imediato os Pteropus vampyrus pertencem ao segundo grupo. São os maiores morcegos do universo, com até dois metros de envergadura. No entanto não se assuste com o tamanho: ele é frugívoro, quer dizer, só come frutas. Cego como um morcego?


Até onde se compreende, existem no mínimo 1 mil (ou 937, conforme a literatura consultada) espécies de morcegos - 137 são brasileiras. De todas, apenas 3 espécies que vivem pela América do Sul se alimentam de sangue. Os quirópteros não são cegos - sua visão é adaptada para ver de perto pela escuridão. Muitas espécies frugívoras enxergam até novas cores. Todavia o significado mais especial desses animais é a audição. Pra localizar teu alimento, filhotes ou toca, eles são equipados com um sistema denominado como ecolocação, ou ecolocalização. Os morcegos e os cetáceos - baleias e golfinhos - dependem da audição como sentido principal pra sua direção e pra localização de tuas presas. Não obstante, para ouvir um morcego, só outro morcego. Visto que esses animais estão entre os que emitem os chamados ultrassons, que ficam acima da prática auditiva humana normal. Os morcegos microquirópteros (aqueles de menor tamanho) utilizam essa capacidade pra caçar insetos à noite.


Os sons de alta freqüência, ou ultrassons, rebatem no que estiver em redor do animal, incluindo as presas, e são recebidos de volta pela orelha do emissor. O cérebro do morcego "traduz" as ondas sonoras refletidas em informações sobre o lugar em que está. Conforme o jeito que o som atinge pela presa e retorna, o morcego sabe tamanho de seu jantar - e a distância exata que ele está. Imediatamente pasme: mandar um som e ouvir seu rebote é aproximado ao sistema utilizado pelos submarinos para olhar nas profundezas escuras dos oceanos. E, claro, como dissemos lá atrás, golfinhos e baleias bem como realizam isto. Para que pessoas está pensando o que estes cetáceos têm que visualizar com nossos amigos morcegos, vale recordar: são todos parentes da amplo classe dos mamíferos. Mesmo mamíferos menos bem equipados, como os seres humanos, podem perceber sugestões de uma questão que não enxergam. Tendo como exemplo, de olhos fechados, você pode discursar se um frasco de comprimidos está cheio ou vazio, ao agitá-lo. Podes até já presumir se as pílulas no recipiente são grandes ou pequenas.


Deficientes visuais amplificam muito o significado da audição, ocasionando-se capazes de utilizar os sons pra saber como se movimentar em seu recinto. Os morcegos produzem ultrassons a partir de suas laringes. Os sons são emitidos por meio da boca e nariz, que possuem reentrâncias pra concentrá-los. É deste jeito que os microquirópteros têm caras de monstrinhos: todos os morcegos que comem insetos têm essa cara. Suas orelhas são grandes para atrair o som refletido. A precisão nesse sistema é tanta que um morcego insetívoro (comedor de insetos) podes localizar com exímia exatidão um mosquitinho baixo como a ponta de um fio de cabelo, em movimento.


  • Sonha em entender a África

  • Folha Transparência

  • 5 Atividades lúdicas 2.5.1 Dieta

  • Samba de uma noite de Verão - Autor(a): Renato Forin Jr. - Editora: KAN Editora

  • Sea Hero Quest

visite esta página

Agora, a maioria dos morcegos frugívoros não fazem uso a ecolocação, porém sim, a visão e o olfato. Ironicamente, são estes morcegos vegetarianos os associados com as histórias de vampiro nos videos de horror. Todos morcegos que comem apenas frutas têm carinha de raposa ou de cachorrinho - assim mesmo aqueles Pteropus vampyrus de quem prontamente falamos, os de asas várias, assim como são chamados "raposas voadoras". Ao oposto do que se pensa, os morcegos não são ratos de asas.


O que eles têm em comum com esses roedores são características de mamíferos - que os humanos também compartilham (pêlos no organismo, ouvido médio etc.). Aliás, os morcegos são mais similares com os seres humanos do que com os ratos. Acabei de lembrar-me de outro blog que bem como pode ser proveitoso, leia mais informações por esse outro postagem basta clicar no seguinte web site, é um agradável blog, acredito que irá desejar. Como os moços humanos, os filhotes de morcegos nascem completamente indefesos e dependem da mãe, que os amamenta e protege. A similaridade mais deslumbrante é que as fêmeas de morcegos possuem só um par de mamas no grande do tórax, como ocorre com as mulheres.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism