Reader Comments

Interdisciplinarity As An Articulating Movement In The Teaching-learning Process

"Pedro Enrico" (2018-06-08)

 |  Post Reply

A discussão sobre a temática da interdisciplinaridade tem sido tratada por 2 grandes enfoques: o epistemológico e o pedagógico, ambos abarcando conceitos imensos e diversas vezes complementares. No campo da epistemologia, toma-se como categorias para seu estudo a compreensão em seus estilos de produção, reconstrução e socialização; a ciência e seus padrões; e o jeito como mediação entre o sujeito e a realidade. Pelo enfoque pedagógico, recursos adicionais discutem-se fundamentalmente questões de natureza curricular, de ensino e de aprendizagem escolar. A inevitabilidade da interdisciplinaridade pela criação e na socialização do conhecimento no campo educativo tem sido discutida por incontáveis autores, principalmente por aqueles que pesquisam as teorias curriculares e as epistemologias pedagógicas. Para ler pouco mais deste tema, você podes acessar o site melhor referenciado nesse conteúdo, nele tenho certeza que localizará algumas fontes tão boas quanto essas, visualize no link deste website: recursos adicionais.


Na observação de Frigotto (1995, p. Vince e seis), a interdisciplinaridade determina-se na própria maneira de o "homem produzir-se sempre que ser social e enquanto sujeito e instrumento do conhecimento social". Edgar Morin (2005), um dos teóricos nesse movimento, domina que só o raciocínio complexo sobre uma realidade assim como complexa pode fazer avançar a reforma do raciocínio pela direção da contextualização, da articulação e da interdisciplinarização do conhecimento produzido pela humanidade.


O pensamento contextual pesquisa a toda a hora a relação de inseparabilidade e as inter-retroações entre qualquer fenômeno e seu assunto, e deste com o fato planetário. Especialmente na interferência dos trabalhos de grandes pensadores modernos como Galileu, Bacon, Descartes, Newton, Darwin e outros, as ciências foram sendo divididas e, deste jeito, especializando-se. Organizadas, de forma geral, sob a intervenção das correntes de raciocínio naturalista e mecanicista, buscavam, de imediato por meio da Renascença, desenvolver uma concepção mais científica de mundo.


A interdisciplinaridade, como um movimento contemporâneo que emerge pela possibilidade da dialogicidade e da integração das ciências e do entendimento, vem buscando romper com o caráter de hiperespecialização e com a fragmentação dos saberes. Para Goldman (1979, p. Três-25), um observar recursos adicionais interdisciplinar a respeito da realidade permite que entendamos melhor a conexão entre teu todo e as partes que a constituem.


Pra ele, somente o jeito dialético de reflexionar, fundado pela historicidade, poderia colaborar maior integração entre as ciências. Deste significado, o materialismo histórico e dialético resolveu em porção a dificuldade da fragmentação do discernimento no momento em que colocou a historicidade e as leis do movimento dialético da realidade como fundamentos para todas as ciências. Desde por isso, o conceito de interdisciplinaridade tem sido debatido nos diferentes âmbitos científicos e muito fortemente pela educação. Sem sombra de dúvida, em tão alto grau as formulações filosóficas do materialismo histórico e dialético quanto as proposições pedagógicas das teorias considerações trouxeram contribuições significativas pra este novo enfoque epistemológico. Realmente, é no campo das ciências humanas e sociais que a interdisciplinaridade aparece com maior potência.


A aflição com uma visão mais totalizadora da realidade cognoscível e com a conseqüente dialogicidade das ciências foi utensílio de estudo primeiramente pela filosofia, posteriormente nas ciências sociais e mais recentemente na epistemologia pedagógica. Trabalhos como o de Kapp (1961), Piaget (1973), Vygotsky (1986), Durand (1991), Snow (1959) e Gusdorf (1967) são alguns exemplos nesse movimento. Goldman (1979) destaca recursos adicionais que, inicialmente, a interdisciplinaridade aparece como inquietação humanista, além da inquietação com as ciências.


  • Quatro - Radiers

  • 3ª) Cite e desenhe todas as maneiras das bactérias C

  • 03 Serviços Radiológicos e Laboratoriais

  • DEGRADAÇÃO AMBIENTAL Pela AMAZÔNIA: O CASO DE ALTA FLORESTA EM MATO GROSSO

  • M comp. (canal)

  • Mariana "fecha as portas" sem mineração, diz prefeito da cidade

top artigo

Mais voltado à pedagogia, Georges Gusdorf lançou pela década de 1960 um projeto interdisciplinar pra ciências humanas anunciado à Organização das Nações Unidas pra Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Sua obra La parole (1953) é considerada muito sério pra apreender a interdisciplinaridade. Quanto à explicação de conceitos, ou de um conceito, para interdisciplinaridade, tudo parece estar ainda em construção. O que se pode admitir no campo conceitual é que a interdisciplinaridade será a toda a hora uma reação escolha à abordagem disciplinar normalizadora (seja no ensino ou pela procura) dos diversos materiais de estudo.


Pra Japiassu (1976), a interdisciplinaridade caracteriza-se pela intensidade das trocas entre os especialistas e pelo grau de integração real das disciplinas no interior de um mesmo projeto. A amplitude oferece uma larga base de conhecimento e informação. A profundidade garante o quesito disciplinar e/ou entendimento e dado interdisciplinar para a tarefa a ser executada. A síntese proporciona o modo integrador. Pra Morin (2005, p. 44), certas concepções científicas mantêm sua vitalidade visto que se recusam ao claustro disciplinar. A especialização do entendimento científico é uma tendência que nada precisa de acidental.


Ao contrário, é situação de hipótese do próprio progresso do discernimento, sentença das exigências analíticas que caracterizam o programa de desenvolvimento da ciência que vem dos gregos e que foi reforçado no século XVII, principalmente com Galileu e Descartes. Pra lá das diferenças que os distinguem, eles comungam de uma mesma interpretação metódica: pelo mecanismo indutivo, dividir o material de estudo para entender finamente seus elementos constituintes e, depois, recompor o todo a partir daí.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism