Reader Comments

Neste momento Pensou Em Inovar Nos Exercícios?

"Joao Joao Vitor" (2018-06-17)

 |  Post Reply

Pare de fazer dietas. É o que aconselha a nutricionista Sophie Deram, 50, francesa e naturalizada brasileira, em seu livro "O peso das dietas" (editora Sensus), lançado nesta semana em São Paulo. Doutora em endocrinologia e pesquisadora da USP, ela é contra regimes restritivos.


Baseia-se em estudos que afirmam que eles conseguem até funcionar no começo, entretanto cerca de 95% das pessoas voltam ao peso inicial. Isto acontece, segundo ela, pelo motivo de o cérebro domina essa mudança repentina pela alimentação como um perigo e se adapta para reter mais gordura.


  • Aumento do suor

  • Para dar início o movimento acertadamente, comprima o abdômen pra suspender o torso e as pernas

  • Irritação dos nervos do diafragma

  • dois colheres de sopa de banha

  • 1 colher de chá de essência de baunilha

  • Site Produtos que suprimem o apetite ou conceder uma impressão de totalidade

  • Omega 3 (peixes marinhos)

  • Crises convulsivas

obter mais informaçőes

A escoltar, trechos da tua entrevista à Folha. Folha - Por que a sra. defende gordura e é contra as dietas? Sophie Deram - Sempre encontrei sem consciência essa batalha contra a gordura. Ela a toda a hora fez parcela da minha vida. Claro que sem exagero, todavia, na França, comia manteiga de manhã, queijo, foie gras. No momento em que me mudei pro Brasil, fui trabalhar com genética e obesidade infantil.


Fiz doutorado e percebi que as crianças obesas, mesmo com a maior vontade do mundo, não conseguiam perder calorias quando tinham um problema de comportamento alimentar. O que me assustou foi ver que 95% das pacientes com transtorno alimentar tinham começado fazendo dieta. A dieta estraga o cérebro.


Como nutricionista, a sra. nunca prescreveu dietas? Aproveitando a chance, encontre também esse outro website, trata de um tópico referente ao que escrevo por esse post, poderá ser proveitoso a leitura: Site. Nunca consegui fazer isso. Como poderia pra pronunciar-se pra alguém: "Amanhã, ao meio-dia, coma duas colheres de arroz". Quem sou eu para saber a fome que ela terá amanhã no almoço? Fiz pesquisas de genética do transtorno alimentar, coordenando no Hospital das Clínicas o banco de DNA dos pacientes que têm transtornos alimentares.


O que controla o nosso peso é o nosso cérebro. Ele controla nossas emoções, a fome, a Site saciedade. Às vezes, a gente come sem controlar, sem planejar. O que ocorre com o cérebro quando fazemos dieta? Nós assustamos o cérebro.


Ele reconhece a dieta como um perigo e desenvolve mecanismos de proteção. Por volta de 95% das pessoas que executam dieta voltam a ficar mais gordo, algumas vezes até mais. Estudos com gêmeos parelhos demonstram que o gêmeo que faz dieta é mais gordo do que o gêmeo que não fez. A ciência já demonstrou que fazer dieta engorda.


E o que normalmente mandam o obeso fazer? Fechar a boca e malhar. São duas ações que aumentam o apetite. As dietas têm traço em potencial de fazer a pessoa desenvolver transtornos alimentares. É claro que não acontecerá com todos.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism