Reader Comments

Páginas Do McDonald's E Pepsi São Invadidas Por Hacker Da Turquia

"Maria Cecilia" (2018-04-11)

 |  Post Reply

este link

Quem trabalha com carteira assinada precisa receber até esta quinta-feira (trinta) a primeira parcela do 13º salário. O que fazer com este dinheiro extra? A recepcionista Verônica Gomes dos Santos, de quarenta e três anos, prontamente tem a resposta. Saldar a dívida do cartão de crédito e guardar o resto para uma poupança de emergência", diz. Pouco tempo atrás, Verônica ficou um mês sem pagar o cartão de crédito já que teve um imprevisto: a mãe ficou doente, ela precisou adquirir remédios e não sobrou dinheiro pra pagar a fatura integral do cartão.


Como fiquei sem pagar, o cartão fez um acordo e dividiu em 6 vezes a dívida. Contudo de imediato vou usufruir o 13º para quitar tudo e começar uma poupança, não pretendo mais permanecer sem dinheiro se precisar", diz. A professora Andrea Piccinin, de quarenta e quatro anos, ao oposto, a todo o momento foi muito prevenida.


Costuma guardar, todo ano, metade do 13º que recebe. Esse ano, no entanto, não poderá fazer o mesmo. A recepcionista Verônica está fazendo o melhor exercício possível do 13º salário, segundo Thiago Alvarez, presidente do GuiaBolso. A primeira recomendação é pagar dívidas caras, como cartão de crédito e cheque especial. A segunda é desenvolver uma reserva de emergência", diz. Segundo ele, o brasileiro necessita aprender ainda a gravidade desta reserva, visto que costuma ser excessivamente otimista, superestimando em por volta de dez por cento a renda que tem e acreditando que nunca vai ocorrer um imprevisto ou alguma coisa de mau.


Os maiores motivos para inadimplência são perda de emprego e doença na família, entretanto o brasileiro não se prepara para essa finalidade por ser muito otimista. Assim, gasta todo o dinheiro que ganha acreditando que a toda a hora terá mais. O décimo terceiro representa bem isto: as pessoas ficam felizes com o dinheiro em dezembro, saem gastando, e se esquecem de que em janeiro terão vários gastos. Assim sendo a inadimplência é tradicionalmente alta no início do ano", diz.


Se estiver endividado com o rotativo do cartão de crédito ou do cheque especial, faça como a Verônica e use o dinheiro para recolher essa dívida da frente. Estas dívidas embutem os maiores juros do mercado: na média, atingem 12,oitenta e nove por cento ao mês (cartão) e doze,trinta e três por cento ao mês (cheque especial), segundo levantamento da Anefac em outubro.


  • 5 ? Comunique-se de modo inteligente

  • Arthur Veríssimo

  • Carregue bagagens mais leves

  • 9 - Recontar hobbies pessoais irrelevantes

  • Se for ingerir, intercale a bebida alcoólica com água

  • Clique em "Configurações de idioma e do corretor ortográfico" pela área "Assunto internet"

  • Qual a ordem das etapas

Se não estiver endividado no cartão, todavia tiver outras dívidas que estão atrapalhando o orçamento, aproveite o dinheiro extra pra saldar ou renegociar as parcelas, lembrando de não comprometer mais do que vinte e cinco por cento da renda líquida com prestações. Segundo Alvarez, o 13º é um muito bom momento para construir a reserva de urgência, que tem por propósito salvar as finanças da casa.


Este dinheiro só tem que ser usado para emergências mesmo, como aconteceu com a Verônica no momento em fala sobre isso que tua mãe ficou doente. Perda de emprego, um conserto imprevisto na moradia, doenças na família conseguem arruinar as contas e impor a segurar empréstimos que depois são difíceis de serem pagos. Um outro recinto interessante que eu gosto e cita-se fala sobre isso o mesmo assunto neste site é o blog fala sobre isso. Pode ser que você goste de ler mais sobre isto nele. Poupe até adquirir o equivalente a seis meses das despesas da casa e aplique em um investimento que permita sacar agora, como poupança, Tesouro Selic ou CDB de resgate diário, recomenda Roberto Indech. Pra aplicações com prazo curto (até um ano), ele recomenda o Tesouro Selic, que tem rendimento superior à poupança, CDBs de bancos médios que pagam até 120% do CDI e têm garantia do Fundo Garantidor de Créditos. Pra aplicações com período superior a um ano, Indech sugere investir em CDBs de período mais comprido e fundos multimercados. Neste caso, contudo, é preciso considerar o tempo do investimento, que, se sacar antes, podes perder bastante dinheiro.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism