Reader Comments

Acesso A Bento Rodrigues é Fechado Por Traço De Rompimento Em 3ª Barragem Da Samarco

"Paulo Miguel" (2018-06-14)

 |  Post Reply

Por que este é o melhor Estado do Brasil em inovação e tecnologia? SÃO PAULO - O acesso a Bento Rodrigues, em Minas Gerais, foi inteiramente fechado por policiais militares por conta de risco de rompimento da barragem de Germano, da Samarco, joint venture entre Vale (VALE3; VALE5) e BHP Billiton. Semana passada o rompimento de duas barragens da corporação causou uma enxurrada de lama que destruiu o distrito de Bento Rodrigues e, por hora, seis mortes foram confirmadas, no tempo em que vinte e uma pessoas seguem desaparecidas.


Segundo o tenente Sebastião Nogueira, do Batalhão de Choque da 3ª Companhia de Missões Especiais de Lagoa Santa, a zona de segurança foi aumentada de três pra dez quilômetros, uma vez que "a barragem Germano trincou e há traço de rompimento". Diante da dificuldade, o Corpo de Bombeiros mudou a estratégia de buscas devido a dos riscos. A Samarco informou que inicia nessa quarta-feira uma intervenção nas "estruturas remanescentes das áreas de barragens". Segundo a mineradora, a intervenção vai garantir mais firmeza pra precaver "dificuldades futuros".


Art. Sessenta e três - No momento em que existir galeria de águas pluviais no logradouro, o encaminhamento das águas pluviais e de infiltração do terreno deverá ser feito a partir de canalização perante o passeio pra referida galeria. Da mesma forma se aplica às obras que utilizem o recurso de rebaixamento de lençol freático. Art. Sessenta e quatro - Não existindo galerias de águas pluviais no logradouro, poderá ser feita a canalização das águas pluviais pra sarjeta do referido logradouro.


Por este caso, para as águas de infiltração ou de rebaixamento de lençol freático durante a obra de realização de subsolo, será exigida a execução de galeria cujo custo onerará o proprietário da edificação. Na efetivação de obra sem subsolo com rebaixamento de lençol, o proprietário deverá providenciar a canalização provisória, pela sarjeta ou passeio, até a galeria de águas pluviais mais próxima. Art. Sessenta e cinco - No caso de edifício com subsolo, será cobrada mensalmente uma taxa para manutenção da rede pública de águas pluviais, a ser fixada em lei.


  1. Total de ânions

  2. Rua Plínio Kroeff, fronteira com Dante Ângelo Pilla, em meia pista, até o dia 17

  3. Clube de Assinaturas

  4. Mofumbo - Combretum leprosum Mart. (COMBRETACEAE)

leia este artigo

Art. Sessenta e seis - No momento em que as obras referidas nessa seção forem executadas pela Prefeitura, todas as despesas correrão por conta do proprietário acrescidas de taxa de administração no valor de vinte por cento (vinte por cento). Art. Sessenta e sete - Compete aos proprietários conservarem limpos e desobstruídos os cursos d`água ou valas que existirem em seus terrenos de modo que a seção de vazão se encontre a todo o momento totalmente desembaraçada.


Parágrafo único - Compete à Prefeitura conservar limpos e desobstruídos os canais e cursos d`água, valas ou canaletas que existirem nos logradouros públicos. Art. 68 - Quando for necessária a canalização, capeamento ou regularização de cursos d`água ou de valas, a Prefeitura será capaz de pedir que o proprietário, compromissário ou cessionário do terreno execute as referidas obras. Art. 69 - É proibido realizar serviços de aterro ou desvio de valas, galerias ou cursos d`água e cada tipo de serviço que impeça o livre escoamento das águas.


Art. 72 - Cada trecho de vala a ser capeado, deverá ter ao menos um poço de visita, ou caixa de areia e outro para cada trecho de trinta,00m (30 metros). VI - A destinação desfecho dos resíduos para aterros sanitários, incineradores, usinas de tratamento e outros fins. Acabei de me lembrar de outro web site que bem como pode ser útil, veja nesta página mais dicas neste outro artigo Veja Nesta PáGina, é um ótimo website, creio que irá gostar. O volume instituído no inciso III são os máximos tolerados por dia, por unidade habitacional ou comercial.


Cada embalagem de resíduos sólidos prevista por esse post, apresentada pra coleta, não poderá pesar mais de 40kg (quarenta quilos), e deverão ser acondicionados em sacos plásticos devidamente lacrados. A realização dos serviços de remoção, de conservação e de limpeza pública, de perícia da Prefeitura conseguirá ser consumada diretamente ou por concessionária, observadas as prescrições legais pertinentes. Art. Setenta e quatro - Constitui responsabilidade dos feirantes, comerciantes, ambulantes e coletores de sucatas, que operem nas feiras de qualquer natureza ou instalados nas vias públicas ou logradouros públicos, conservar limpa a área de localização. Os feirantes, pra implemento do disposto veja nesta página lei, deverão conservar, individualmente, recipientes próprios para persistência de resíduo sólido.


Imediatamente após o fim da feira, os feirantes removerão os detritos e resíduos de cada meio ambiente porventura existentes nas calçadas e vias públicas, procedendo à varrição recinto, respeitada a área de localização de tuas barracas. Os feirantes que comercializam com pescados e vísceras de animais de corte e de aves deverão formalizar, ainda, a higienização e desodorização de tuas áreas de localização e transportar estes resíduos pra lugar indicado pelo Poder Público Municipal.


O feirante após acondicionar os detritos em recipientes adequados, vai ter que colocá-los em recinto pré estabelecido pelo poder público municipal, que responderá na arrecadação e lavagem do logradouro em que a feira foi realizada. O resíduo sólido gerado por ambulante ou pelas barracas de praias será equipamento de regulamentação específica. Art. Setenta e cinco - É proibido acumular resíduo sólido com o fim de utilizá-lo ou removê-lo pra outros locais que não os determinados pela Prefeitura, salvo os casos expressamente autorizados.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism