Reader Comments

Tudo Conectado !: A HISTÓRIA E O FUTURO DO DISCO RÍGIDO

"Pedro Vicente" (2018-06-13)

 |  Post Reply

registro completo

Antes do armazenamento em disco, existiam os tambores. Em 1956 a IBM planejou o primeiro computador com sistema de armazenamento em disco, o RAMAC 305 (Processo de Acesso Aleatório de Contabilidade e Controle). Esse sistema poderia armazenar 5 Mega Bytes e os discos tinham por volta de vinte e quatro polegadas de diâmetro. Logo, em 1961 a IBM tinha inventado o primeiro disco com cabeças de rolamento de ar e em 1963 eles introduziram a unidade de embalagem de disco removível.


Em 1973 os discos flexíveis de oito polegadas foram introduzidos no mercado pela IBM. Eram discos grandes e podiam ser vendidos com drive e referência de alimentação para que pudesse ser introduzido o disco e lidos pelo pc. Em 1980 a Seagate Technology lançou o primeiro disco rigoroso pra microcomputadores, o ST506. Acabei de lembrar-me de outro site que também poderá ser proveitoso, Leitura Recomendada leia mais sugestões por esse outro artigo Leitura Recomendada, é um excelente site, creio que irá querer. O primeiro drive de disquete de 3.5 foi feito na Rodime em 1983. Os primeiros CD-ROM começaram a aparecer em 1984, sendo que em 1985 foi lançada um enciclopédia eletrônica nessa mídia.


  • 5° - Geforce GTX 1050 TI
  • O hypervisor deve estar instalado e funcionando
  • Kits teclado e mouse
  • B) HD, só
  • Ultraperformance de lado a lado dos processadores da 4ª Criação Intel Core i5-3317U

Seguindo em 1985, os discos começaram a ser baseados em IDE (Dispositivo Eletrônico Integrado), onde o controlador ficou incorporado com um circuito impresso na cota inferior da unidade do disco. Em 1986 começaram a serem produzidos os discos severos de 3.Cinco polegadas com atuadores de bobina de voz pras cabeças lerem os discos. Em 1988 esses atuadores diminuíram drasticamente fazendo com que cada vez mais os drivers ficassem menores.


Em 1997, os computadores estavam ficando rápidos, mas os discos enérgicos não estavam acompanhando esta velocidade. Então a Seagate lançou o primeiro HD Ultra ATA de 7.Duzentos rotações por minuto para pcs desktop. Oito anos depois é lançado pela mesma fabricante o disco exigente com 15.000 rotações por minuto, chamado de Cheetah X15. Enfim, foram longos anos e a forma de armazenamento ainda continua a mesma, só que com novas tecnologias e implementações que transformaram os discos magnéticos mais silenciosos, duráveis, velozes e confiáveis. O único dificuldade hoje dos SSDs é que o valor por gigabyte em relação aos HDs de disco rígidos são bem maiores. Todavia desse jeito que os valores ficarem menores e os SSD se popularizarem, com certeza substituirão os HDs usuais.


O fundamento mais óbvio para usar um SSD é que ele extremamente mais rápido que um HD comum. Na verdade, ele chega a ser 100 vezes mais rápido para acessar os arquivos armazenados nele do Leitura Recomendada que um HD. Isto faz com o seu sistema operacional se inicie em pouco tempo e com que softwares consigam rodar sem cada engasgo ou lentidão. Se parar para sonhar no tempo total que você gasta na frente do Pc esperando um programa abrir ou fazer uma ação mais pesada, é de se imaginar que a diferença será bem visível. Como mencionamos acima, o SSD é de forma acelerada e potente, o que também facilita quem precisa lidar com múltiplas tarefas no Pc diariamente.


Isso significa que será possível utilizar um software de edição durante o tempo que se navega na web e ouve músicas no Spotify sem perceber cada lentidão. Tudo isso graças ao insuficiente tempo que o SSD leva pra acessar todos esses arquivos. Se você possui um laptop, temos certeza que em algumas circunstâncias a bateria acaba deixando a ambicionar, sobretudo após alguns meses de exercício.


Parcela disso se necessita ao emprego alto de softwares mais pesados, entretanto temos que conduzir em consideração que o respectivo HD consome muito mais energia do que você imagina. Neste momento o SSD conta com a vantagem de não ter nenhuma quota mecânica tendo que girar periodicamente e podes ofertar uma boa economia de bateria ao teu Pc. Por ser uma peça mecânica, o HD está em frequente movimento e isso pode talvez causar um aquecimento excessivo em certas ocasiões. Este aquecimento poderá ser significado sobretudo por quem possui notebooks, entretanto o real defeito é que isso pode talvez causar danos no decorrer prazo.


Como o SSD não tem qualquer cota mecânica e nem ao menos partes que necessitam se movimentar, ele claramente não conta com problemas de aquecimento. É claro que ele ainda emitirá calor, contudo não do mesmo jeito. Neste local vai outro defeito para que pessoas tem um notebook, em razão de é comum acabar quebrando ou danificando o HD com uma descomplicado queda do aparelho ou mesmo com uma batida suave pela porção de nanico do pc.



Add comment



Partnerzy platformy czasopism